Notícias

    Postado em 10 de Julho de 2017 às 09h53

    Em julho acontece a 15º Plenária e Congresso Extraordinário e Exclusivo da CUT-SC

    Sindicom Chapecó Em julho acontece a 15º Plenária e Congresso Extraordinário e Exclusivo da CUT-SC Com o tema “100 anos depois a luta continua”, com uma alusão a primeira greve geral de 1917, a CUT-SC realiza Plenária e...

    Com o tema “100 anos depois a luta continua”, com uma alusão a primeira greve geral de 1917, a CUT-SC realiza Plenária e Congresso Extraordinário

    Nos dias 19 e 20 de julho no Hotel Canto da Ilha em Florianópolis, a CUT-SC realiza a sua 15ª Plenária e também o 1º Congresso Extraordinário e Exclusivo. A atividade vai envolver cerca de 400 dirigentes de sindicatos CUTistas de diferentes regiões do estado.

    Na programação estão previstas mesas de debate sobre os impactos da reforma trabalhista, a interferência do judiciário e da mídia no golpe do Brasil, a avaliação e debate da tese estadual e da tese nacional. Além dos debates na noite do dia 19 está prevista uma mesa com diversos atores dos movimentos sociais e políticos do país.


    De acordo com Anna Julia Rodrigues, presidenta da CUT-SC e coordenadora da Plenária/Congresso, a expectativa é que a atividade extraordinária reveja o plano de lutas da central, visto as drásticas mudanças na conjuntura brasileira. “Quando decidimos quais seriam as nossas ações no Congresso da CUT-SC em 2015, o cenário político brasileiro era bem diferente do caos instalado hoje no país. Precisamos nos debruçar frente esse novo cenário e traçar as prioridades em defesa dos direitos da classe trabalhadora e da construção de um projeto de país”.


    Programação da 15ª Plenária e Congresso Extraordinário da CUT SC
    Dia 19/07 (quarta feira)
    10h – Abertura
    10:15h – 10:30 h – Mesa 1 – Regimento
    10:30 - 12:30 h – Mesa 2: A Reforma trabalhista e os impactos na estrutura, organização e prática sindical
    Prof. Dr. Prudente José Silveira Mello – Advogado Trabalhista
    14 – 17 h: Grupos de Trabalho – Leitura e discussão de propostas de alterações dos textos nacional e estadual
    17h30 – Ato de abertura – Debate de conjuntura
    Vagner Freitas - Presidente da CUT
    Gilmar Mauro – Coordenação do MST Nacional
    Carina Vitral - Ex Presidente da UNE
    Gleisi Hoffmann - Senadora PT-PR (À confirmar)


    Dia 20 (quinta feira)
    09 - 12h – Mesa 3 - Disputa de classes: O Judiciário e a Mídia X Classe Trabalhadora
    Judiciário: Eugênio Aragão (Ex ministro da Justiça)
    Mídia: Luiz Carlos Azenha - Blog Viomundo
    13:30–16:30h – Mesa 4 - Discussão e deliberações das propostas ao Texto Nacional, ao Texto Estadual e Moções
    16:30 – 17h – Eleição dos delegados para a nacional
    17:30 h – Convocação 13º CECUT e encerramento 

    Veja também

    ATENÇÃO!19/09/1622 de setembro dia de paralisação dos trabalhadores em defesa de seus direitos Em Plenária Sindical, as sete centrais do estado definiram calendários de lutas para construção de uma grande greve geral     Reunidos no auditório da FECESC em Florianópolis, na tarde do dia 15 de novembro, representantes das sete centrais sindicais de Santa Catarina e o Fórum Estadual em Defesa do Serviço Público definiu......

    Voltar para Notícias